Como evitar a rinite alérgica em nossa casa?

A rinite alérgica é uma inflamação da mucosa nasal e os sintomas têm início minutos após o contato com o alérgeno (substância que provoca a alergia), na maior parte das vezes, poeira doméstica e ácaros. O que dificulta o diagnóstico da doença é que nem sempre as pessoas identificam a causa de suas queixas. Por exemplo, quando os sintomas aparecem com a queda da temperatura, a causa pode ser a blusa guardada no armário desde o inverno anterior, e não o frio.

A poeira doméstica é uma mistura de substâncias que engloba desde escamas de pele humana e pêlos de animais até restos de alimentos, estofamentos, fibras de tecidos, bactérias, mofos e bolores (fungos). Os ácaros são seres microscópicos que vivem neste ambiente e se alimentam destes restos. As proteínas eliminadas em suas fezes são a causa mais comum de rinite alérgica no Brasil.

Muitas vezes, faz parte do tratamento da rinite alérgica, manter o indivíduo afastado daquelas substâncias que causam a alergia propriamente dita (chamamos estas substâncias de alérgenos).

As causas da rinite alérgica estão, na maioria das vezes, dentro de casa. Para afastar os riscos da doença, algumas medidas devem ser tomadas para tornar o ambiente o menos “alérgico” possível.

– Evitar tapetes, carpetes, cortinas e almofadões no quarto de dormir.

– Dar preferência a pisos laváveis e cortinas do tipo persianas ou de material que possa ser limpo com pano úmido

– Camas e berços não devem ser colocados junto à parede. Evite mofo e umidade, principalmente no quarto de dormir. Uma solução vinagre com bicarbonato pode ser passada nos locais mofados, até uma medida definitiva ser tomada.

– Evitar animais de pelúcia e estantes de livros no quarto.

– Evitar spray ou saches no quarto de dormir.

– Evitar travesseiros de paina ou penas. Use os de espuma, sempre que possível, envoltos em material plástico (napa).

– Usar uma capa para o colchão de material que possa ser limpo com pano úmido.

– Não usar vassouras e espanadores de pó. Passar pano úmido diariamente na casa antes do uso de aspirador de pó e, de preferência, duas vezes ao dia no quarto de dormir.

– Evitar animais de pêlo. Animais de estimação ideais para pessoas alérgicas são os peixes e tartarugas. Caso seja impossível evitar os mascotes, eles devem tomar banho pelo menos uma vez por semana e não podem, de forma alguma, permanecer no quarto de dormir.

– Evitar desinfetante e produtos de limpeza com odor forte. Dê preferência a pastas e sabões em pó para a limpeza de banheiro e cozinha.

– Não use inseticidas em spray nem do tipo espiral. Verifique periodicamente as áreas úmidas de sua casa, como banheiro (cortinas plásticas do chuveiro, embaixo das pias etc), cozinha e porões para evitar o aparecimento do mofo.

– Evite banhos extremamente quentes. A temperatura ideal da água é a temperatura corporal.

– Não fume nem deixe que fumem dentro de casa.

– Roupas raramente usadas devem ser arejadas e, se possível, lavadas antes do uso.

– Dê preferência à vida ao ar livre. Esportes podem e devem ser praticados.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.