Você sabe como a voz é produzida?

A voz é produzida com a saída do ar dos pulmões através da vibração das cordas vocais. A partir daí o som é “moldado” na garganta, boca e língua.

Quem são os inimigos da voz?

As cordas vocais são muito versáteis e eficazes, mas tem limitações. Abusar da voz falando muito alto, gritando ou até mesmo tossindo e pigarreando excessivamente pode produzir lesões. Os outros inimigos da voz são o cigarro, o álcool, irritantes químicos, infecções virais (gripes e resfriados), ressecamento do ar.

Quando as cordas vocais estão doentes?

Quando apresentam algum dos sintomas a seguir: rouquidão, cansaço ao falar, falhas ou perda de voz, dor ou ardência na garganta, pigarro e/ou dificuldade para engolir.

Se você tem algum desses sintomas, o que pode estar acontecendo?

Laringite, hemorragia, pólipos, nódulos ou câncer de laringe.

Chamamos atenção para o CÂNCER de laringe

  • Brasil: é um dos países do mundo com maior incidência
  • Relacionado a tabagismo e etilismo
  • Rouquidão pode ser o primeiro sintoma
  • Grandes possibilidades de CURA, desde que diagnosticado no início do quadro

Quando devo consultar um médico?

A maioria dos problemas da voz melhoram em poucos dias. Entretanto se a rouquidão persistente por mais de 2 semanas ou estiver acompanhada de outros sintomas como dificuldade para respirar ou engolir deve ser investigada. Caso você fume, estes conselhos são ainda mais importante.

Como cuidar da sua voz

  • Não fumar;
  • Não forçar a voz; Não gritar e não cochichar;
  • Manter o volume normal da voz e articular bem as palavras;
  • Evitar falar excessivamente durante exercícios físicos, quando gripado ou com alguma crise alérgica; sempre que possível procure se aproximar do outro para conversar. Evite competição sonora: ao falar, abaixe o volume da TV e/ou do som.
  • Evite chupar balas, pastilhas fortes ou usar sprays quando a garganta estiver irritada, elas podem fazer com que você produza a voz com esforço, sem perceber.
  • Não pigarrear excessivamente;
  • Ingerir muito líquido em temperaturas fresca ou ambiente;
  • Evitar bebidas alcoólicas;
  • Evitar alimentos que causem azia ou má digestão;
  • Evitar ambientes com poeira, mofo ou cheiros fortes;
  • Evite se automedicar. Muitos remédios podem indiretamente piorar a sua voz. Fique atento a medicações que causam sensação de boca seca. Busque por orientação médica.
  • Quando você estiver com uma rouquidão por mais de 15 dias, consulte um médico otorrinolaringologista .

Bibliografia

  1. Rodrigues G, Vieira VP, Behlau M. Saúde vocal. São Paulo: Centro de Estudos da Voz; 2011. Disponível em: http://www.cevfono.com
  2. Academia Brasileira de Laringologia e Voz – ABVL http://www.ablv.com.br/default.asp
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.