Zumbido

O zumbido, também conhecido como acúfeno ou tinnitus é um som percebido nos ouvidos ou na cabeça sem que haja uma fonte sonora externa. É um sintoma que geralmente tem origem em algum ponto das vias auditivas, podendo estar relacionado ou não a um problema de saúde.

É um sintoma mais comum que se imagina e pode acometer todas as idades, ser intermitente ou permanente, uni ou bilateral.

Grande parte dos indivíduos que têm zumbido, apresentam-no associado a outros sintomas como perda auditiva, tontura, vertigem e intolerância a sons, tendo sua qualidade de vida prejudicada substancialmente.

Embora este quadro possa parecer dramático, raramente está relacionado a causas graves e pode ter solução na maioria das vezes, merecendo assim, uma investigação detalhada e personalizada para que seja escolhido o tratamento adequado para cada caso.

Podemos relacionar algumas das principais causas de zumbido:

  • originadas no sistema auditivo;
  • alterações no metabolismo (p.ex.:  do açúcar, de gorduras e deficiência de vitaminas);
  • alterações hormonais (p.ex.: tireóide);
  • alterações cardiovasculares;
  • doenças neurológicas;
  • distúrbios psiquiátricos;
  • alterações odontológicas;
  • alterações musculares da região de cabeça e pescoço;
  • alterações psicológicas.

Usualmente, mais de uma causa está presente no mesmo indivíduo, o que explica a grande diversidade nos casos de zumbido, com suas particularidades, diferentes repercussões e respostas ta um tipo de tratamento.

A investigação de cada caso é individualizada e pode incluir exames como a audiometria e imitanciometria com pesquisa dos reflexos estapedianos. Além disso, em muitos casos é feita a solicitação de exames laboratoriais para pesquisa de alterações metabólicas

Outros exames que avaliam a via auditiva e exames de imagem podem ser solicitados, como parte da avaliação complementar, se houver indicação, de acordo com os dados encontrados pelo especialista.

O zumbido ainda é um mistério para um grande número de pesquisadores em todo o mundo. Atualmente, as perspectivas sobre o tratamento deste sintoma é mais favorável, admitindo várias formas de tratamento de acordo com cada caso.

Não existe um tratamento único para todos os casos de zumbido, pois conforme dito anteriormente, diversas condições de saúde podem cursar com zumbido, o que faz dele um sintoma comum a várias doenças. Desta maneira, os tratamentos propostos devem ser planejados baseados na sua causa.

Dentre as possibilidades de tratamento, destacam-se: alguns medicamentos, modificações na dieta, mascaramento, adaptação de aparelhos para audição ou para zumbido, fisioterapia (com busca e tratamento de pontos dolorosos específicos relacionados ao zumbido), psicoterapia e entre outros.

O tratamento do zumbido é personalizado e está diretamente relacionado à identificação de cada um dos fatores causais!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.