Fale conosco pelo WhatsApp

Exames da Otorrinolaringologia

Nasofibrolaringoscopia

Nasofibrolaringoscopia

A nasofibrolaringoscopia é um exame destinado à investigação das estruturas que vão desde a cavidade nasal até a laringe, sendo realizado com o intuito de diagnosticar doenças que acometem as vias digestivas e vias aéreas superiores. Trata-se de um procedimento rápido e seguro, que pode ser realizado em pacientes de todas as idades e ser indicado para situações bastante variadas.

SAIBA MAIS SOBRE Nasofibrolaringoscopia

Confira demais Exames

VIDEOLARINGOSCOPIA

É um exame semelhante a nasofibrolaringoscopia, porém com fibra ótica rígida, que é introduzida pela cavidade oral, permitindo a melhor visualização da faringe, laringe e pregas vocais. Também não necessita de preparo especial, apenas de anestesia tópica (spray).

TESTE CUTÂNEO ALÉRGICO

O Teste cutâneo alérgico (prick-test) é um exame que avalia a presença de alergias a alguns alérgenos (substâncias capazes de causar alergias). O teste é realizado no antebraço, com a aplicação dos alérgenos. Este procedimento não causa dor. A leitura é feita após 15 – 20 minutos. O foco na realização deste exame é a avaliação das alergias respiratórias, portanto testamos os principais alérgenos causadores destas doenças (ácaros, fungos, pólens, leite, epitélios de cão, gato). Em nossa clínica utilizamos o sistema Multi-Test II, que proporciona maior conforto ao paciente e principalmente às crianças.

POLISSONOGRAFIA DOMICILIAR TIPO 3

É o exame realizado para verificar a qualidade do sono. Para tal, o indivíduo dorme monitorizado em sua casa. O técnico em polissonografia ensina ao paciente a montagem do aparelho e este pode realizar o exame no conforta do seu lar. Durante o exame de Polissonografia domiciliar coleta-se os seguintes dados do sono: batimentos cardíacos, freqüência respiratória, número e tipo dos eventos respiratórios (apneias, hipopneias, esforço) saturação do oxigênio do sangue, tempo total na cama. Indicada para diagnóstico de SAOS (sindroma da apneia obstrutiva do sono) quando há uma suspeita forte de que o paciente tem o distúrbio (relatos de apneias, roncos, sonolência diurna excessiva, percepção de um sono ruim).

Por que investigar o ronco e a apneia (SAOS)?

Estudos comprovam que a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) pode levar ou agravar problemas de saúde como:

– Hipertensão;
– Problemas Cardíacos;
– Ansiedade/Depressão/Stress;
– Obesidade;
– Diabetes;
– Distúrbios Hormonais;
– Sono não reparador;
– Sonolência Diurna Excessiva;
– Problemas de Memória;
– Cefaleia Matinal;
– Redução de Libido;
– Impotência.