Fale conosco pelo WhatsApp

Ronco muito além da estética

Por: Publicado em 04/07/2020

Roncar todas as noites não é normal. A pessoa que ronca vira motivo de chacota entre os amigos e familiares, além de prejudicar o sono do parceiro ou familiar que dorme com o roncador. Mas saiba que se você ronca e não se importa com o bulling nem com o sono dos outros pois acha que o seu vai muito bem obrigada, pode estar enganado.

O ronco pode ser a ponta do iceberg de uma doença muito mais grave a Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do sono (SAHOS). O barulho é um sintoma de que esta ocorrendo um estreitamento da via aérea. Essa restrição da entrada de ar quando total ou quase total leva a repercussões cardiovasculares, metabólicas e cognitivas.

Quando nosso sono não vai bem por uma noite no outro dia podemos sentir os prejuízos. Sonolência diurna, cansaço, dificuldade de concentração, baixo rendimento no trabalho, mal humor, irritabilidade. Ficamos mais suscetíveis a fazer lanches mais calóricos e fora de horário.

Agora imagine não dormir bem 365 dias do ano, durante anos? Os efeitos deletérios ficam maximizados. Estudos evidenciam que paciente com SAHOS grave tem comprovadamente mais risco de doenças cardiovasculares como infartos, arritmias e AVC. Também tem associação com doenças metabólicas com diabetes e propensão ao aumento de peso, obesidade. Baixa imunidade, baixa secreção de hormônios como testosterona. Consequências neurocognitivas da SAHOS incluem sonolência excessiva, redução do alerta, déficit de memória, prejuízo da função cognitiva, déficit da velocidade psicomotora, aumento dos acidentes automobilísticos e ocupacionais(1,2).

A boa notícia

Existe tratamento para a SAHOS. A medicina vem avançando a cada dia, estudando o sono e soluções para que ele seja o melhor possível. Ainda não temos todas as respostas, mas já existem muitos tratamentos efetivos que podem melhorar muito a qualidade do seu sono e sua qualidade de vida. Procurar o diagnóstico correto do seu distúrbio do sono consultando um médico especialista é o primeiro passo para vencer o paradigma de que roncar é normal ou que é uma questão de “se acostumar” com o barulho. O ronco é um sinal de que algo pode estar errado e não pode ser ignorado por pura “estética” investigá-lo é valorizar a sua saúde e qualidade de vida.

Bibliografia

  1. Patil SP, Ayappa IA, Caples SM, Kimoff RJ, Patel SR, Harrod CG. Treatment of Adult Obstructive Sleep Apnea with Positive Airway Pressure : An American Academy of Sleep Medicine Clinical Practice Guideline. 2019;
  2. Associação Brasileira do Sono. Diretrizes Clínicas para o Diagnóstico e Tratamento da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono no Adulto. 1 edição. HADDAD, Fernanda; BITTENCOURT L, editor. São Paulo; 2013.